Fundada em 1925 pelo escritor Monteiro Lobato e seu sócio Octalles Marcondes Ferreira, a Editora Nacional representou uma revolução no mercado editorial da época, em um país pouco alfabetizado.

Monteiro Lobato trazia na cabeça lindas histórias infantis e um grande sonho: incentivar a prática da leitura e tornar os livros acessíveis à maioria da população brasileira.

A Editora Nacional foi uma das pioneiras a investir em projetos gráficos e acabamentos de alto nível das obras e na divulgação e distribuição das novidades do catálogo.

Em 1980, o IBEP — Instituto Brasileiro de Edições Pedagógicas —, uma das maiores referências de qualidade no mercado nacional de livros didáticos, adquiriu a Companhia Editora Nacional, formando um dos maiores grupos editoriais do país, com capital 100% brasileiro.

 

Nascida em Itabuna, signo de Peixes. Formada em Relações Públicas, mas Educadora de construção e coração. Amo minha família e minha ocupação favorita é SER MÃE. Amo os livros! Sonho em ter uma Livraria ou uma ONG para animais abandonados. Cheia de ideias, criatividade não me falta, sou exagerada, falo muito. Faço meditação para conversar com Deus!

 

Continue Lendo

@cirandacontada

Anuncie!