A cultura brasileira tem na história da Cortez Editora e Livraria um capítulo especial. Essa história se confunde com a trajetória de José Xavier Cortez, seu fundador.

Cortez, que saiu aos 17 anos do sertão nordestino apenas alfabetizado, tornou-se em 1966 aluno da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Seu interesse pelo livro e pela leitura fez com que sua permanência no ensino superior fosse garantida com a atividade de livreiro. Essa atividade o projetou no cenário institucional, uma vez que naquele contexto a circulação de livros era dificultada pelo obscurantismo da situação.

Assim, sua atuação o aproximou dos professores que eram intelectuais de vanguarda, renovadores críticos do saber acadêmico brasileiro. Nascia a Cortez Editora.

A identificação com aqueles intelectuais fez de Cortez o depositário não somente da confiança daqueles autores, mas também de seus textos que eram produzidos com intenso brilhantismo e encontravam, na Editora que se organizava, oportunidade de publicação.

Hoje, aproximando-se dos 40 anos, a Cortez Editora já publicou quase 1.300 títulos e a força de suas raízes se mantém, pois dentre seus livros 95% foram escritos por professores, pesquisadores e intelectuais brasileiros. Ou seja, a Cortez Editora tornou-se, ela mesma, uma depositária da cultura brasileira em suas expressões de análise, de crítica, de criatividade e de renovação permanente.

O empenho para garantir aos leitores um catálogo de qualidade ímpar, produzido com esmero, favoreceu também a agregação de autores estrangeiros de grande reconhecimento.

A Cortez Editora participa ativamente de quase todos os eventos nacionais que permitem divulgar sua produção editorial e seus autores em centenas de feiras, bienais, congressos.

Os leitores de todo o país já se habituaram a encontrar nesses eventos a Editora que se mostra “comprometida com a educação”, slogan que revela a todos sua origem e seus mais caros compromissos.

Foi a solidez do trabalho feito que estimulou a Cortez Editora a mostrar ao mundo toda a riqueza da cultura brasileira e a densidade ímpar de seus autores.

Há mais de 20 anos participa ativamente de grandes feiras internacionais como as de Frankfurt, Guadalajara, Bolonha, entre outras, e o faz como ativa protagonista à medida que se apresenta ao universo editorial internacional para vender os direitos de tradução desses autores brasileiros.

Do espanhol ao coreano, do inglês ao mandarim, a Cortez Editora mostra ao mundo a que veio.

Seu catálogo é referência nas áreas de Educação, Serviço Social, Ciências da Linguagem, Ciências Sociais, Ciências Ambientais e Psicologia.

Essa trajetória enriqueceu-se também com a elaboração de um cuidadoso catálogo de Literatura Infantil e Juvenil, cada vez mais aclamado, premiado e reconhecido.

A Cortez Editora aposta no futuro e oferece, com a garra de sua equipe, o luminoso caminho da leitura como proposta dessa empresa que tem orgulho de ser brasileira.

 

Nascida em Itabuna, signo de Peixes. Formada em Relações Públicas, mas Educadora de construção e coração. Amo minha família e minha ocupação favorita é SER MÃE. Amo os livros! Sonho em ter uma Livraria ou uma ONG para animais abandonados. Cheia de ideias, criatividade não me falta, sou exagerada, falo muito. Faço meditação para conversar com Deus!

 

Continue Lendo

@cirandacontada

Anuncie!