Como lidar com a timidez de seu filho?

22 de janeiro de 2016 , In: Bem Estar, Comportamento, Educação , With: One Comment
0

Sou uma pessoa super comunicativa e, naturalmente, as pessoas tendem a achar que minha filha também é. De fato, ela é, contudo leva um tempo para ela perder a timidez e ficar a vontade com as pessoas. Durante muito tempo, eu fiquei preocupada, achando que minha filha estava se tornando uma menina mal educada, mas na realidade, descobri que ela era BEM TÍMIDA. 

Gostei muito do que li no Site da Mamãe, Laura Diniz, a colunista, foi muito feliz em sua colocação, quando diz que a timidez em uma criança não é considerada uma doença e sim um comportamento normal, a timidez é um traço da personalidade, não uma falha. Ressaltou ainda, que uma criança tímida, normalmente, é uma excelente ouvinte. Isso é uma característica de minha filha, ela é uma excelente ouvinte e tem uma memória como poucas pessoas, o que inclusive às vezes pode ser um problema, porque lembra de coisas que não precisaria.

A verdade é que cada criança tem um temperamento diferente e, nós pais, precisamos ajuda-la a lapidar o seu melhor, inclusive observar que a timidez pode ser uma qualidade e não um defeito. Dentro dessa perspectiva, encontrei uma charge na internet, onde fala no papel da mãe na timidez do filho (para o bem e para o mal).  

timidez

Para o bem…
– Ajude seu filho a formar um círculo de amizades. Estimule-o, por exemplo, a conhecer as crianças do prédio, da pracinha ou do clube. Só não exagere! Querer que ele faça amizade de primeira com um time inteiro de futebol, pode ser intimidador.

– Se a criança não quiser ir a um festa por vergonha, mostre a ela quem estará presente. Sabendo que vai encontrar pessoas conhecidas, ela se sentirá mais confortável.

– Faça com que seu filho preste atenção à linguagem de seu próprio corpo. Um sorriso e braços e pernas descruzadas facilitam o contato com os outros.

– Incentive a criança a se livrar do perfeccionismo. Ele não precisa ser a mais popular da escola, nem a melhor do time para se dar bem com os outros.

– Encoraje seu filho a ajudar os outros. O altruísmo, dizem os especialistas, é um antídoto contra a timidez.

Son clinging to father's leg --- Image by © Klaus Tiedge/Corbis

Para o “mal”…
– 
Uma coisa é indicar caminhos para seu filho vencer a timidez. Outra é força-lo a estabelecer contatos sociais. Quanto mais forçada a fazer o que não quer, mais a criança se retrai.

– Nunca a rotule de “tímida”. Ao ouvir isso, a criança sente que há algo de errado com ela, o que a torna ainda mais tímida. Os rótulos dão margem para que os outros a tratem como tal.

– Não exija mais do que aquilo que seu filho pode dar. Encoraje-o a brincar, mas não a ser o centro das atenções.

– Não insista para que a criança participe de eventos em que tenha de se expor. Se ela não quiser dançar a quadrilha na festa junina da escola, por exemplo, respeite-a.

– A combinação mãe-falante-e-filho-calado é terreno propício para o agravamento da timidez. A situação mais comum – e mais prejudicial – é quando ela fala pelo filho, justificando-se: “Ele é tão tímido…”.

 

  1. Responder

    Olá Beatriz, tudo bem?
    Adoramos esse post e todos os outros, gostamos tanto que destacamos o blog de vocês em um post nosso sobre Educação Consciente e Atividades Educativas.
    Listamos 10 sites/blogs sobre o tema e o de vocês foi um dos escolhidos, espero que gostem 😉
    segue o link: http://www.cutcut.com.br/instagram/educacao-consciente-e-atividades-educativas/
    Bjs
    Fernanda Sussel

ESCREVA UM COMENTÁRIO

 

Nascida em Itabuna, signo de Peixes. Formada em Relações Públicas, mas Educadora de construção e coração. Amo minha família e minha ocupação favorita é SER MÃE. Amo os livros! Sonho em ter uma Livraria ou uma ONG para animais abandonados. Cheia de ideias, criatividade não me falta, sou exagerada, falo muito. Faço meditação para conversar com Deus!

 

Continue Lendo

@cirandacontada

Anuncie!